Previsão do Tempo

°F°
Mambore, Brasil
Error! Unable to Find Specified Location!
Quinta, 22 Agosto 2019 11:24

Possibilidade de implantação de área de proteção em volta da cidade e patrimônios é discutida em audiência

 

Audiência Pública - Vídeo 1

Audiência Pública - Vídeo 2

O plenário da Câmara Municipal de Mamborê esteve lotado, na manhã de quarta-feira (21), para a realização de uma Audiência Pública, na qual se debateu a possibilidade de se estabelecer uma área de proteção em volta da área urbana de Mamborê, Guarani e patrimônios. O objetivo seria evitar que os agrotóxicos aplicados nas lavouras que margeiam as área habitadas causem danos à saúde dos moradores. Ricardo Radomski, prefeito de Mamborê, esteve presente, bem como a promotora de Justiça Rosana Araújo de Sá Ribeiro, coordenadora do Grupo de Atuação Especializado em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (Gaema); Jéssica Aline Soares, promotora de Justiça da Comarca de Mamborê; Mauricio Jotta Massano, presidente da Câmara Municipal de Mamborê; todos os demais vereadores; agrônomos; proprietários rurais e pessoas ligadas ao agronegócio.

De acordo com a promotora Rosana Araújo de Sá Ribeiro, o trabalho teve início após moradores da cidade de Luiziana procurarem o Ministério Público devido às aplicações de agrotóxicos nas propriedades ao lado da cidade. A partir daí, teve início o trabalho de discutir e tentar implantar uma área de proteção em volta de outras cidades também, uma vez que toda a região é agrícola. A área ideal seria 300 metros, podendo ser reduzida para 50 metros, havendo árvores, as quais formariam uma cortina verde para proteger a população dos produtos químicos aplicados nas lavouras.

Algumas pessoas se inscreveram para fazer uso da palavra; outras, puderam se manifestar e questionar através de perguntas em folhas de papel distribuídas aos presentes ou através de um microfone que circulou entre os participantes.

Os agricultores alegaram, entre outras coisas, a preocupação que eles têm com as aplicações nas horas corretas do dia, para que não haja deriva do produto, através da evaporação e da ação do vento. Há a atenção também com o ajuste dos equipamentos para que os produtos atinjam diretamente a área pulverizada. Para os agricultores, é mais importante a conscientização quanto ao uso dos produtos que a implantação da cortina verde.

O objetivo da audiência é discutir, ouvindo os dois lados. Essa discussão continuará. Após esta audiência, poderá haver outras e um projeto deverá chegar à Câmara Municipal de Mamborê, para ser apreciado e votado, aprovando ou não a área de proteção.


Audiência Pública na Câmara Municipal de Mamborê


Rosana Araújo de Sá Ribeiro, coordenadora do Gaema


Jéssica Aline Soares, promotora de Justiça de Mamborê


Ricardo Radomski, prefeito de Mamborê


Fabio da Silva Ferreira, vereador falando em nome do Legislativo Municipal


Cortina verde


Dados do município


Evandro de Castro, engenheiro ambiental


Gilberto Guarido, agrônomo


Eleuterio Czornei, advogado


Rosemari Hauenstein Ruch, presidente do Comam


Luis Bronzati

 
Renato de Lima Correia


Jairo Silveira de Arruda, vereador


Helio Anschau, agricultor


Iliane Zukowski Rocha, presidente do Conselho Municipal de Saúde

 

Outras pessoas também fizeram uso da palavra,
como a secretária municipal de Saúde,
Sara C. Beltrame Perez, por exemplo.

 

 

 

Institucional

Informações

Sessões

Licitação